Porquê a PsicoFértil 2017-06-02T15:44:11+00:00

PORQUÊ A PSICOFÉRTIL

A PsicoFértil conta com o trabalho profissional qualificado, dando continuidade ao desenvolvimento de uma intervenção a qual integra um Programa de Apoio Psicológico inscrito num Protocolo de Intervenção na problemática da Infertilidade.

Os casais ao saberem da existência de um acompanhamento psicológico especializado em Infertilidade, certamente encontrarão maior apoio, segurança emocional e consequentemente tenderão a encontrar melhores estratégias para saberem lidar com as dificuldades encontradas, durante o processo dos ciclos de tratamento com outra confiança e maior determinação.

Acreditamos sobretudo tanto na articulação como nos benefícios existentes advindos de um trabalho complementar e multidisciplinar para que o sonho de muitos casais se torne realidade.

Missão

A PsicoFértil tem como missão garantir um adequado seguimento clínico especializado em Infertilidade, abarcando para além das diferentes áreas da saúde integral da mulher e do casal, uma parceria com as valências médicas incluídas no processo de tratamento em Reprodução Assistida, onde se manifeste interesse pela pesquisa e investigação em Infertilidade.

Visão

A PsicoFértil pretende ser líder nacional na prestação dos serviços de Apoio Psicológico em Infertilidade, desenvolvendo mais e melhores soluções individualizadas e adaptativas às diferentes necessidades dos casais, ajudando-os a triunfar sobre o grande desafio na conquista pela Fertilidade.

Valores

Confiança;
Aconselhamento;
Profissionalismo;
Trabalho de Equipa;
Confidencialidade;
Sucesso;

Objectivos

A PsicoFértil tem como objectivo ajudar os casais a alcançarem o sonho de serem pais, num ambiente tranquilo, de sensibilidade e compreensão da dimensão psicossocial da Infertilidade.

Outro dos objectivos é o de proporcionar um serviço de psicologia diferenciado e integrado numa metodologia especifica face às necessidades de cada casal perante as dificuldades advindas ao longo das diferentes etapas do tratamento em Reprodução Assistida, promovendo um maior equilíbrio emocional e uma melhor gestão dos problemas.

Por último propõe-se ainda a avaliar expectativas e motivações do casal face aos tratamentos de infertilidade, ajudando a identificar pensamentos, emoções e crenças que estão a ser vivenciados face à problemática da infertilidade, promovendo uma comunicação eficaz entre o casal, para que o mesmo adquira maior confiança na(s) sua(s) tomada(s) de decisão melhorando a sua qualidade de vida.